Receitas/Recipes
Deixe um Comentário

Esparguete com Pesto de Tomate Seco e Cogumelos {Sun Dried Tomato Pesto and Mushroom Pasta }

{Scroll down to read the recipe in English}

Tipo/Type: Vegan

Desde o ano passado (piada fácil) que andava com desejos de um bom pesto para enrolar numa massinha ao jantar. Numa espécie de encontro imediato de 3.º grau, com direito a fogo-de-artifício no palato. Mas, a bem da verdade, não sou pessoa de confiar no pesto que se vende nos supermercados. E, sinceramente, agora não é época de manjericão – muito pelo contrário.

Solução? Existem muitas. Existe um número tão gigante de diferentes tipos de pesto que se podem fazer com as frutas e/ou legumes da época, que acho que ninguém, nunca, poderá dizer o número certo. Portanto, a tendência é: adaptar.

Sou uma tonta por tomate seco. E, para sorte minha, o Bruno também. Portanto, da grande variedade de tipos de pesto que poderia fazer – no meio das 500 mil receitas que tenho guardado ao longo dos anos em casa (sendo que a sua grande parte já nem sei onde as fui buscar) -, o de tomate seco saltou-me logo à vista. Juro até que vinha com um sinal luminoso a piscar 😛

Et voilá. Como tinha de fazer as minhas adaptações – porque queria tornar a receita vegan – lá meti uns cajus (que pinhões é coisa rara para estes lados, e quando há, é cara), e passei a parte do queijo ao lado. Garanto que: não precisa absolutamente nada. O sabor do tomate seco, misturado com o alho é uma coisa tão rica que: mais, estraga!

Pior, nem consegues, sequer, imaginar a simplicidade que é cozinhar este pesto. Até consigo quase garantir que se fizeres este pesto num jantar de família ou amigos, vais ficar com o selo de Chef durante, pelo menos, 10 anos. Se não ficares é porque eles são uns ciumentos e queriam ter o jeito que tu tens para a cozinha 😉

_MG_3799

  • Ingredientes (para 4 pessoas):
  • 1 Copo de tomate seco conservado em óleo (escorrido)
  • 1 Colher de sopa de manjericão seco
  • 4 Colheres de sopa de cajus (tostados, sem sal)
  • 3 Dentes de alho
  • ½ Copo de azeite
  • 200gr de cogumelos frescos
  • Mistura de pimentas a gosto
  • Tomilho seco a gosto
  • 1 Pitada de sal
  • 250 gr de esparguete

Para o pesto:

  1. Num processador de alimentos misturar o tomate seco, o manjericão, os cajus e os alhos e triturar;
  2. Ainda com o processador a trabalhar ir adicionando o azeite aos poucos até ficar uma pasta cremosa;
  3. Pode guardar-se no frigorífico até duas semanas.

Para a massa:

  1. Numa frigideira saltear os cogumelos laminados com a pimenta, o tomilho e o sal, até que percam a água;
  2. Cozer o esparguete de acordo com as indicações da embalagem e escorrer;
  3. Numa taça grande misturar o esparguete com o pesto com a ajuda de dois garfos (quantidade a gosto – eu costumo utilizar uma colher por pessoa);
  4. Adicionar, agora, os cogumelos e repetir o procedimento;
  5. Servir de imediato.

Com amor ❤

_MG_3804

RECIPE IN ENGLISH

Since last year (easy joke), I’ve been craving some pesto to cover my evening spaghetti. Yet, as a matter of fact, I’m not a person to rely on supermarket pesto. And, frankly, now it’s not basil season – it’s quite the opposite.

So, what could I do? Well, there are just too many solutions to this problem. You may think it over and over, but you’ll never come up with the exact number of the existing kinds of pesto. Each season, there’s a huge amount of fruits or vegetables that you can turn into pesto. So, the tendency for me was to: adapt.

I’m just crazy nuts for sun dried tomatoes. And, lucky me, also is Bruno. Therefore, from the wide variety of pesto recipes I could do (that I found among the 500 000 recipes I’ve been keeping over the years – most of them that I really don’t remember where I got them from), the one made with sun dried tomatoes just caught my eye. I’m sure it was side by side with a flash light sign. 😛

Et voilá. As I had to make my adjustments – because I wanted to cook a vegan recipe – I added some more cashews and put the cheese apart. I guarantee you: it doesn’t need it. The taste of dried tomatoes, mixed with garlic, has plenty of rich flavors. Trust me.

The greatest thing of all is that you just can’t imagine how simple it is to do this pesto. I guarantee you that if you cook this pesto recipe to your family or friends you’ll surelly earn the “Chef” badge for, at least, 10 years. If you don’t, forget it, they’re just jealous.

_MG_3790

  • Ingredients (serves 4):
  • 1 cup of sun dried tomatoes preserved in oil (drained)
  • 1 tablespoon of dried basil
  • 4 tablespoons of cashews (roasted, unsalted)
  • 3 garlic cloves
  • ½ cup of olive oil
  • 200gr of fresh mushrooms
  • Mixture of peppers to taste
  • Dried thyme to taste
  • 1 pinch of salt
  • 250gr of spaghetti

For the pesto:

  1. In a food processor mix the dried tomatoes, basil, cashews and garlic and grind;
  2. With the processor still working add the olive oil, slowly, until you get some kind of creamy paste;
  3. It can be stored in the refrigerator up to two weeks.

For the pasta:

  1. In a frying pan sauté the sliced mushrooms with pepper, thyme and salt until they lose all their water;
  2. Cook the spaghetti according to the package directions and drain;
  3. In a large bowl mix the spaghetti with the pesto with the help of two forks (amount to taste – I usually use a spoon per person);
  4. Add now the mushrooms and repeat the procedure;
  5. Serve immediately.

With Love ❤

Anúncios

Parece apetitoso? Comenta. {Does it look tasty? So, leave a comment}

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s